Resolução de problemas: reflexões de uma prática realizada com o uso de tecnologias digitais da informação e comunicação em aulas remotas no ensino superior
Problem solving: reflections of a practice carried out using digital information and communication technologies in remote classes in higher education

Janaína Poffo Possamai, Vilmar Ibanor Bertotti Junior

Resumo


Resumo

Este estudo teve como intuito analisar implicações das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação em aulas remotas e síncronas para a abordagem da metodologia de Ensino-Aprendizagem-Avaliação de Matemática por meio da Resolução de Problemas, indicando adaptações, se necessário. Para tanto, nessa pesquisa, caracterizada como qualitativa, apresenta-se uma revisão da literatura frente aos pressupostos que envolvem a metodologia indicada e o uso das tecnologias digitais em aulas remotas. Na sequência, uma aplicação, realizada na disciplina de Cálculo Numérico no Ensino Superior, é relatada e analisada com base nos referenciais adotados. Os resultados indicam que o uso de tecnologias de informação favorece o ambiente de investigação e do trabalho colaborativo na resolução dos problemas, enquanto o uso de tecnologias de comunicação demanda adaptações nas etapas de organização dos grupos de trabalho, acompanhamento do professor e compartilhamento das soluções.

Palavras-chave: Resolução de Problemas, Protagonismo, Trabalho Colaborativo, Aulas Remotas e Síncronas, Mediação por Tecnologia.

Abstract

This study aimed to analyze implications of Digital Information and Communication Technologies in remote and synchronous classes for the approach of the methodology of Teaching-Learning-Evaluation of Mathematics through Problem Solving, indicating adaptations, if necessary. To this end, in this research characterized as qualitative, a literature review is presented in view of the assumptions that involve the indicated methodology and the use of digital technologies in remote classes. Following an application performed in the discipline of Numerical Calculus in Higher Education is reported and analyzed based on the adopted references. The results indicate that the use of information technologies favors the research environment and collaborative work in solving problems, while the use of communication technologies is what require adaptations in the stages of organization of work groups, teacher monitoring and sharing of solutions.

Keywords: Problem Solving, Protagonism, Collaborative Work, Remote and Synchronous Classes, Technology Mediation.

 

Resumen

Este estudio tuvo como objetivo analizar las implicaciones de las Tecnologías Digitales de la Información y la Comunicación en clases remotas y sincrónicas para el enfoque de la metodología de Enseñanza-Aprendizaje-Evaluación de Matemáticas a través de la Resolución de Problemas, indicando adaptaciones, si es necesario. Para ello, en esta investigación caracterizada como cualitativa, se presenta una revisión bibliográfica a la vista de los supuestos que implican la metodología indicada y el uso de tecnologías digitales en clases remotas. Después de una aplicación realizada en la disciplina de Cálculo Numérico en Educación Superior se informa y analiza sobre la base de las referencias adoptadas. Los resultados indican que el uso de las tecnologías de la información favorece el entorno de investigación y el trabajo colaborativo en la resolución de problemas, mientras que el uso de las tecnologías de la comunicación es lo que requiere adaptaciones en las etapas de organización de grupos de trabajo, seguimiento de profesores e intercambio de soluciones.

Palabras clave: Solución de Problemas, Protagonismo, Trabajo Colaborativo, Clases Remotas y Sincrónicas, Mediación Tecnológica.


Palavras-chave


Protagonismo, Trabalho Colaborativo, Aulas Remotas e Síncronas, Mediação por Tecnologia.

Texto completo:

PDF

Referências


Allevato, N. S. G., & Onuchic, L. de La R. (2014). Ensino-Aprendizagem-Avaliação de Matemática: por que Através da Resolução de Problemas? In L. de La R. Onuchic et al. (Org.). Resolução de Problemas: Teoria e Prática (pp. 35-52). Jundiaí: Paco Editorial.

Cardozo, D. (2018). Do átomo de carbono às grandes populações: o ensino de funções exponenciais sob a perspectiva da resolução de problemas. Dissertação de mestrado, Universidade Regional de Blumenau, SC, Brasil.

Decreto n. 12.588, de 15 de março de 2020. Dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de Importância internacional decorrente da infecção humana pelo novo coronavírus (covid-19) e dá outras providências. Recuperado de https://leismunicipais.com.br/a/sc/b/blumenau/decreto/2020/1259/12588/decreto-n 12588-2020-dispoe-sobre-as-medidas-para-enfrentamento-da-emergencia-de-saude-publica-de-importancia-internacional-decorrente-da-infeccao-humana-pelo-novo-coronavirus-covid-19-e-da-outras-providencias.

Garcia, P. S. (2011). Videoconferência no contexto da escola pública: objetivos, utilização e possibilidades no ensino e na formação de professores. In P. S. Garcia (Org.). Videoconferência: um recurso para professores de escolas públicas (pp. 15-46). São Paulo: Plêiade.

Kauark, F. da S., Manhães, F. C., & Medeiros, C. H. (2010). Metodologia da Pesquisa: Um guia prático. Itabuna: Via Litterarum.

Lacerda, N. A. (2019). A Interação multilateral no ensino de linguagens mediado pela tecnologia do gênero discursivo digital videoconferência. In I. V. de Souza (Org.). Letras, Linguística e Artes: Perspectivas Críticas e Teóricas (pp. 93-107). Ponta Grossa: Atena Editora.

Meneghelli, J., & Possamai, J. P. (2019). Resolução de Problemas e o software GeoGebra: um caminho para a compreensão das funções seno e cosseno. Revista Educação Matemática Pesquisa, 21(2), 491-512. http://dx.doi.org/10.23925/1983-3156.2018v21i2p491-512

Onuchic, L. de La R. (2013). A resolução de problemas na educação matemática: onde estamos? E para onde iremos? Revista Espaço Pedagógico, 20(1), 88-104. https://doi.org/10.5335/rep.2013.3509.

Pacheco, E. F. (2019). Utilizando o software Geogebra no ensino da Matemática: uma ferramenta para construção de gráficos de parábolas e elipses no 3º ano do Ensino Médio. Revista Debates em Educação, 11(24), 197-211. https://doi.org/10.28998/2175-6600.2019v11n24p197-211

Simonetto, E. de O., & Priesnitz Filho, W. (2012). Informática aplicada. Santa Maria: UFSM.

Van de Walle, John A. (2009). Matemática no ensino Fundamental: Formação de Professores e Aplicação em Sala de Aula (6a. ed). Porto Alegre: Artmed. Tradução: Paulo Henrique Colonese.

Vila, A., & Callejo, M. L. (2006). Matemática para aprender a pensar: O papel das crenças na resolução de problemas. Porto Alegre: Artmed.




DOI: https://doi.org/10.23925/1983-3156.2020v22i3p485-511

Direitos autorais 2021 Educação Matemática Pesquisa : Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

INDEXADORES DA REVISTA
     
             Anti-Plágio