A construção da identidade profissional dos residentes do núcleo Interdisciplinar da residência pedagógica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23925/1983-3156.2022v24i4p138-166

Palavras-chave:

Identidade profissional, Residentes da UFABC, Análise textual multivariada

Resumo

O objetivo deste trabalho foi analisar as indicações da construção de identidade profissional pelos residentes de uma universidade federal do estado de São Paulo, Brasil, referente às ações do núcleo interdisciplinar/matemática em 2020/2021. O software IRaMuTeQ foi utilizado para a análise textual multidimensional a partir da organização em textos (corpus), sendo cada um deles definido como “segmento de texto”. Cada texto foi elaborado considerando o que foi enfatizado na pesquisa: “De que forma a residência pedagógica contribuiu para sua identidade como docente?” É possível considerar que, mesmo nesse período de atividades remotas e pandemia da Covid-19, os(as) residentes vinculados ao Programa Residência Pedagógica (PRP) consideraram as experiências vivenciadas no programa relevantes para sua formação docente, visto que relataram consideráveis aprendizados que foram fundamentais para a qualificação de sua prática docente e, consequentemente, para a formação de sua identidade profissional.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ailton Paulo de Oliveira Júnior, Universidade Federal do ABC

Possui graduação em Ciências Estatísticas pela Escola Nacional de Ciências Estatísticas (1988), Licenciatura em Matemática pela Universidade Católica de Brasília (2005), Mestrado em Pesquisa Operacional pelo Instituto Militar de Engenharia (1991), Doutorado em Educação (Didática, Práticas Escolares e Técnicas de Ensino) pela Universidade de São Paulo (2003) e Pós-Doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2009). Atualmente é professor do curso de Licenciatura em Matemática do Centro de Matemática, Computação e Cognição da UFABC; do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Programa de Pós-Graduação Strict Sensu em Educação da Universidade Federal do Triângulo Mineiro; coordenador do sub-projeto Matemática Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID, coordenador do projeto aprovado no edital Universal da FAPEMIG: A Utilização Da Metodologia De Resolução de Problemas no Ensino de Estatística, Probabilidade e Análise Combinatória na Educação Básica. Coordenador do Grupo de Estudos em Educação Estatística e Matemática - GEEM, certificado junto ao CNPq.

Carla Alves de Souza, Escola Estadual Reverendo Omar Daibert

Doutora em Educação na área de Ensino de Ciências e Matemática

Maria do Carmo Pereira Servidoni, Escola Estadual Professor Alfredo Burkart

Mestrado em Educação

Referências

Almeida, M. I., & Pimenta, S. G. (2015). Estágios supervisionados na formação docente. In: ALMEIDA, M. I. de; PIMENTA, S. G. (orgs.), Educação básica e educação de jovens e adultos. São Paulo: Cortez.

Bezerra, N. P. X., Veloso, A. P., & Ribeiro, E. (2021). Ressignificando a prática docente: experiências em tempos de pandemia. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, 3(2), p. 1-15. https://doi.org/10.47149/pemo.v2i3.3917

Ministério da Educação (MEC). (2018). Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES. Portaria GAB Nº 38, de 28 de fevereiro de 2018. Institui o Programa de Residência Pedagógica. Brasília: DF. https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/28022018-Portaria_n_38- Institui_RP.pdf

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). (2019). Programa de Residência Pedagógica. https://capes.gov.br/educacao-basica/programa-residencia-pedagogica

Camargo, B. V., & Justo, A. M. (2013). IRaMuTeQ: Um software gratuito para análise de dados textuais. Temas em Psicologia, 21(2), 513-518. http://dx.doi.org/10.9788/TP2013.2-16

Dassoler, O. B., & Lima, D. M. S. (2012). A Formação e a Profissionalização Docente: Características, Ousadia e Saberes. Anais do 9° Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul. Caxias do Sul – RS. http://www.ucs.br/etc/conferencias/index.php/anpedsul/9anpedsul/paper/viewFile/3171/522

Freitas, M. C., Freitas, B. M., & Almeida, D. M. (2020). Residência pedagógica e sua contribuição na formação docente. Ensino em Perspectivas, 1(2), 1–12. https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/4540

Gatti, B. A. (2015). Formação de professores: compreender e revolucionar. In B. A. Gatti, C. A. Silva Junior, M. Mizukami, M. D. S. Pagotto, & M. L. Spazziani. Por uma revolução no campo da formação de professores (pp. 229-243). Editora Unesp.

Gonçalves, M. S., Silva, J. F., & Bento, M. G. (2019). Relato sobre o Programa de Residência Pedagógica: Um olhar sobre a Formação Docente. Revista Multidisciplinar de Psicologia, 13(48), 670-683. https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/viewFile/2268/3487

Justo, A. M., & Camargo, B. V. (2014). Estudos qualitativos e o uso de softwares para análises lexicais. In C. Novikoff, S. R. M. Santos, & O. B. Mithidieri (orgs.), Caderno de artigos: X SIAT & II Serpro (pp. 37-54). Lageres. https://www.academia.edu/11753344/Estudos_qualitativos_e_o_uso_de_softwares_para_an%C3%A1lises_lexicais

Kotler, P., & Keller, K. L. (2006). Administração de marketing. Pearson Prentice Hall.

Lacerda, C. R. (2018). Saberes Profissionais e aprendizagem da docência no ensino superior. EdUECE.

Leblanc, J.-M. (2015). Proposition de protocole pour l’analyse des données textuelles: Pour une démarche expérimentale en lexicométrie. Nouvelles perspectives en sciences sociales (NPSS), 11(1), 25-63. https://doi.org/10.7202/1035932ar

Marchand, P., & Ratinaud, P. (2012). L'analyse de similitude appliqueé aux corpus textueles: les primaires socialistes pour l'election présidentielle française. Actes des 11eme Journées internationales d’Analyse statistique des Données Textuelles (pp. 687-699). Liége, Belgique. http://lexicometrica.univ-paris3.fr/jadt/jadt2012/Communications/Marchand,%20Pascal%20et%20al.%20-%20L'analyse%20de%20similitude%20appliquee%20aux%20corpus%20textuels.pdf

Medrado, B. (2013). O papel dos artefatos no desenvolvimento profissional: conflitos e formação inicial. In E. N. Arnoux, & M. P. Roca. Del español el portugués: lenguas, discurso enseñanza (pp. 171-198). Editora da Universidade Federal da Paraíba.

Medrado, B. P., & Costa, W. P. A. (2020). O Programa de Residência Pedagógica: refletindo sobre a formação dos coletivos de trabalho. In A. M. Guimarães, A. Carnin, & E. G. Lousada (org.), O interacionismo sócio discursivo em foco: reflexões sobre uma teoria em contínua construção e uma práxis em movimento (pp. 141-162). Letraria.

Mutombo, E. (2013). A bird’s-eye view on the EC environmental policy framing. 10 years of Impact assessment at the commission: The Case of DG ENV: ICPP 2013. 1st International Conference on Public Policy (pp. 26-28). Grenoble. https://www.semanticscholar.org/paper/A-bird%27s-eye-view-on-the-EC-environmental-policy-of-Mutombo/167528a1f4fa0c98363a8dd7586a34ac0750cff8

Pimenta, S. G. (2012). Formação de professores: identidade e saberes de docência. In S. G. PIMENTA (org.), Saberes pedagógicos e atividade docente (pp. 15-34). Cortez.

Pimenta, S. G., & Lima, M. S. L. (2012). Estágio e docência. Cortez.

Ponte, J. P. (2017). Investigações matemáticas e investigações na prática profissional. Editora Livraria da Física.

Reinert, M. ( 1998). Alceste: Analyse de données textuelles. Manuel d'utilisateur. IMAGE.

Roldão, M. C. N. (2017). Formação de professores e desenvolvimento profissional. Revista de Educação da PUC, 22(2), 191-202. https://doi.org/10.24220/2318-0870v22n2a3638

Salviati, M. E. (2017). Manual do Aplicativo IRaMuTeQ (Apostila de Curso). Embrapa Cerrados. http://www.IRaMuTeQ.org/documentation/fichiers/manual-do-aplicativo-IRaMuTeQ-par-maria-elisabeth-salviati

Santos, V., Salvador, P., Gomes A., Rodrigues, C., Tavares, F., Alves, K., & Bezerril, M. (2017). IRaMuTeQ nas pesquisas qualitativas brasileiras da área da saúde: scoping review. Anais do 6° Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa (pp. 392-401. Salamanca, Espanha. https://proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2017/article/view/1230/1191

Silva, I. C. P. (2020). O Programa de Residência Pedagógica: contribuições na formação docente dos licenciandos em Matemática da UFPB/campus IV [Monografia de Graduação em Licenciatura em Matemática, Universidade Federal da Paraíba]. https://repositorio.ufpb.br/jspui/bitstream/123456789/18100/1/ICPS20042020.pdf

Silva, F., Lacerda, C., & Neto, M. B. S. (2021). Contribuições do Programa Residência Pedagógica da Universidade Estadual do Ceará na formação de professores da educação básica. Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação Docente, 13(26), 137-154. https://doi.org/10.31639/rbpfp.v13i26.405

Silva, J., Goulart, I. C. V., & Cabral, G. R. (2021). Ensino remoto na educação superior: impactos na formação inicial docente. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, 16(2), 407-423. https://doi.org/10.21723/riaee.v16i2.14238

Tardif, M. (2014). Saberes docentes e formação profissional. Vozes.

Veiga, I. P. A. (2012). A aventura de formar professores. Papirus.

Downloads

Publicado

2022-12-26

Como Citar

OLIVEIRA JÚNIOR, A. P. de; SOUZA, C. A. de; SERVIDONI, M. do C. P. A construção da identidade profissional dos residentes do núcleo Interdisciplinar da residência pedagógica. Educação Matemática Pesquisa Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática, São Paulo, v. 24, n. 4, p. 138–166, 2022. DOI: 10.23925/1983-3156.2022v24i4p138-166. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/emp/article/view/57898. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Número Temático: Formação de Professores de Matemática na interface com o Programa Residência Pedagógica 2022