Estágio supervisionado e tecnologias educacionais: estudo de caso em um curso de licenciatura em matemática

Marcelo Souza Motta, Ismar Frango Silveira

Resumo


No fazer docente dos cursos de Licenciatura em Matemática, se percebe cotidianamente – entre alunos e professores – a percepção que o Estágio Supervisionado resume-se tão somente a um momento no qual os alunos são enviados para a escola e colocam em prática toda a teoria estudada na graduação. Busca-se neste artigo demonstrar que o Estágio Supervisionado não se limita à percepção supracitada: na verdade, ele possui uma forte ação pedagógica na práxis docente, no qual saberes e habilidades se mostram essenciais na formação dos futuros professores, sendo a sua adequada consecução um fator relevante nesta formação. Destaca-se ainda a importância da preparação dos futuros professores para o contato inicial com as tecnologias educacionais e o estabelecimento de didáticas apropriadas para esta utilização.

Palavras-chave


Estágio Supervisionado; Tecnologias Educacionais; Educação Matemática

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais



INDEXADORES DA REVISTA
     
             Anti-Plágio