Geometria e óptica no século XVI:a percepção do espaço na perspectiva euclidiana.

Fumikazu Saito

Resumo


Este trabalho aborda alguns aspectos relacionados à óptica e à geometria no século XVI, na Europa. Neste estudo, foram selecionados para análise a Óptica de Euclides e o De refractione optices parte libri novem de Giambattista della Porta. A análise destes tratados de óptica à luz de outros documentos ligados à perspectiva em geral, publicados naquela época, revela dois quadros teóricos distintos utilizados para explicar a percepção visual de um mesmo objeto. Aponta-se, deste modo, para as questões de natureza epistemológica ligadas à representação dos objetos e sua relação com os mecanismos de visão, de modo a lançar luz sobre a natureza dos objetos de investigação da matemática e, assim, contribuir para a reflexão acerca da articulação entre a matemática e seu ensino.
Palavras-chave: Óptica; Matemática; representação.

Abstract
This paper discusses some aspects concerning geometry and optics in sixteenth-century Europe. The analysis is centered on Optics, by Euclid, and on De refractione optices parte libri novem, by Giambattista della Porta. An analysis of these works in light of other documents related to perspective
in general, published at that time, shows two distinct theoretical frameworks used to explain the visual perception of the same object. Thus, this study approaches the epistemological issues related to the representation of objects and its relationship to the vision mechanisms, in order to shed light on the nature of the objects of mathematical investigation and thereby to contribute to the debate about
the articulation between mathematics and its teaching.
Keywords: Optics; Mathematics; Representation.

Palavras-chave


Óptica; Matemática; representação

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



INDEXADORES DA REVISTA
     
             Anti-Plágio