Constituição e trajetória do grupo de pesquisa Desenvolvimento Curricular em Matemática e Formação de Professores
Constitution and path of research group Mathematics curriculum development and teacher's training

Célia Maria Carolino Pires

Resumo


No presente texto nosso objetivo é o de revisitar a trajetória do Grupo de Pesquisa “Desenvolvimento Curricular em Matemática e Formação de Professores”, criado em 2000, com vistas a contextualizar suas produções ao longo de cerca de quinze anos de funcionamento e a identificar, nesse percurso, um processo coletivo de produção de conhecimentos. A retrospectiva aponta para a importância da colaboração e da investigação sobre formas pelas quais pesquisadores se relacionam, se organizam e como transmitem informações entre si.

 

In this paper our objective is to revisit the trajectory of the Research Group "Mathematics Curriculum Development and Teacher Training", created in 2000,  in order to contextualize their productions over about fifteen years operation and to identify, in this way, a collective process of knowledge production. The retrospective highlights the importance of collaboration and research on ways in which researchers relate, organize and convey information to each other



Palavras-chave


Grupo de pesquisa; Desenvolvimento curricular em Matemática; Formação de professores.

Texto completo:

PDF

Referências


BEAVER, D. B.; ROSEN, R. (1978). Studies in scientific collaboration: part I – the professional origins of scientific co-authorship. Scientometrics, Amsterdam, v.1, n. 1, p. 65-84.

BEAVER, D. B.; ROSEN, R. (1979). Studies in scientific collaboration: part II – scientific co-authorship, research productivity and visibility in the French scientific elite 1799-1830. Scientometrics, Amsterdam, v. 1, n. 2, p. 133-149.

BOAVIDA, A M.; PONTE, J. P. (2002). Investigação colaborativa: potencialidades e problemas. In: GTI. (Org.), Reflectir e investigar sobre a prática profissional. Lisboa: APM, p. 43-55.

BORDONS, D.; GÓMEZ, I. (2000). Collaboration networked in Science. In: CRONIN, B.; ATKINS, H. B. (Eds.). The web of knowledge: a festschrift in honor of Eugene Garfield. New Jersey: ASIS, p. 197-214.

KATZ, J. S.; MARTIN, B. R. (1997). What is research collaboration? Research Policy, Amsterdam, n. 26, p. 1-18.

KRETSCHMER, H.; LIMING, L.; KUNDRA, R. (2001). Foundation of a global interdisciplinary research network (COLLNET) with Berlin as the virtual centre. Scientometrics, Amsterdam, v. 52, n. 3, p. 531-537.

PIRES. C. M. C. (2007). Projeto de Pesquisa. Construção de Trajetórias Hipotéticas de Aprendizagem e implementação de inovações curriculares em Matemática no Ensino Médio. Programa de Estudos Pós Graduados em Educação Matemática. (mimeo)

PIRES. C. M. C. (2009). Projeto de Pesquisa. Pesquisas comparativas sobre organização e desenvolvimento curricular na área de Educação Matemática, em países da América Latina Programa de Estudos Pós Graduados em Educação Matemática. (mimeo)

PIRES. C. M. C. (2010). Projeto de Pesquisa. A aprendizagem significativa e conhecimentos prévios: investigando o currículo de matemática, em uma perspectiva construtivista. Programa de Estudos Pós Graduados em Educação Matemática. (mimeo)

PIRES. C. M. C. (2012). Projeto de Pesquisa. Relações entre professores e materiais que apresentam o Currículo de Matemática: um campo emergencial Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática. (mimeo)

PIRES. C.M.C. (2011). Projeto de Pesquisa. Organização Curricular e Formação de Professores que ensinam Matemática em diferentes níveis e modalidades de ensino. Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática. (mimeo)

SOLLA PRICE, D. J.; BEAVER, D. B. (1966). Collaboration in an invisible college. American Psychologist, Washington, v. 21, p. 1011-1018.

VANZ, S. A. S. As redes de colaboração científica no Brasil: 2004-2006. (2009). 204f. Tese (Doutorado em Comunicação e Informação) – Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

VANZ, S. A. S.; STUMPF, I. R. C. (2010). Colaboração científica: revisão teórico-conceitual. Perspectivas em Ciência da Informação. v.15, n. 2. Belo Horizonte, maio-ago.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


INDEXADORES DA REVISTA